procrastinação

BORDADO X PROCRASTINAÇÃO: 8 DICAS PARA NÃO CAIR NESSA!

 

Perguntamos ao seguidores em nosso perfil no Instagram: “Como estão os seus projetos de bordado em 2018?” e ficam@s chocad@s com o resultado! Das pessoas que gentilmente responderam nossa enquete:

É muito projeto empacado!

E o pior é que nós da Bordadologia estamos com a maioria: uma parte dos nossos projetos. que já tinham que estar a pleno vapor, ainda engatinham em nossos lindos bullet journals e estão um pouco longe de saírem do papel :(

Pensando nisso, reunimos aqui algumas dicas para ajudar a todos nós que estamos encalhados nesse mar de linhas, riscos e ideias!

8 DICAS PARA EVITAR O BORDADO ENCALHADO!

1 – MANTENHA SEU MATERIAL DE BORDADO SEMPRE ORGANIZADO, assim quando for começar o seu projeto você não perde tempo arrumando todas aquelas linhas emboladas;

2 – TAMBÉM ORGANIZE UM CADERNO DE RISCOS, pois isso te ajudará a ter sempre à mão os desenhos que você já investiu algum tempo pesquisando ou criando, ao invés de ter que começar do zero todas as vezes;

3 – TENHA UMA LISTINHA – pequena – dos projetos que você espera fazer em breve; escreva a lápis (para poder ir apagando os projetos já bordados e substituindo por novos) e cole-a no seu caderno de riscos;

4 – NÃO SE PERCA NAS SUAS ANOTAÇÕES! Evite usar o tempo que você tinha naquela tarde para ficar atualizando, ad eternum, seu caderno de risco e sua listinha de projetos! De vez em quando você precisará fazer isso, mas lembre-se que o objetivo é otimizar o tempo para bordar;

5 – SEPARE UM TEMPO NA SUA AGENDA SEMANAL para a atividade do bordado: ainda que eventualmente você precise abrir mão dessa brechinha, se o horário existir na sua rotina será muito mais fácil dar andamento aos trabalhos que você iniciou;

6 –  TENHA UM CANTO PARA BORDAR, para que você não precise negociar o uso de móveis e espaços da casa com os outros habitantes toda vez que for trabalhar; se você mora sozinh@, separe um espaço para que você não precise negociar com a bagunça;

7 – DEIXE MÚSICAS, SÉRIES E FILMES NO PONTO, se você é do tipo que borda acompanhad@ de trilha sonora ou narrativas dramáticas. Evite gastar o seu tempo para bordar escolhendo esse acompanhamentos (quem nunca?);

8 – CONHEÇA SUAS LIMITAÇÕES técnicas e de tempo também: não adianta envolver-se em um projeto com uma técnica que você ainda não pôde aprender, nem em um projeto que vai consumir horas que você não tem disponíveis no seu cotidiano; um projeto dificílimo e interminável está fadado a permanecer incompleto, além de transformar as horas de trabalho nele numa tortura tediosa.

Além destas dicas, separamos também uma animação, feita pelo artista John Kelly, que sempre assistimos por aqui quando precisamos de um estímulo para o nosso ânimo e nossa organização:

Se este texto ajudou você um pouquinho, deixe sua opinião nos comentários! E nos siga em nossas redes sociais para ter sempre nossas notícias fresquinhas! :)

Advertisements