QUANTO SE VIVE ENQUANTO SE BORDA?

Há quase quatro anos escrevi o texto HISTÓRIA SENTIMENTAL DO BORDADO.

Ele foi escrito a partir de uma reflexão sobre como é intensa a relação entre as bordadeiras e seus bordados, ainda que muitas delas não mantenham consigo todas as peças que bordaram.

Muitas bordam profissionalmente, desfazendo-se das peças para que elas possam ser vendidas; e muitas bordam presentes para familiares e amigos, desfazendo-se das peças para que elas sejam dadas a pessoas queridas.

O que fica com as bordadeiras, depois de tanto trabalho?

A minha ideia no texto é que uma das coisas que ficam são as próprias imagens criadas com o bordado: você pode ser desfazer de um trabalho em que bordou um pôr-do-sol incrível, mas essa imagem bordada por você permanece em seu repertório pessoal, e por muito tempo você vai lembrar das cores usadas, dos pontos que escolheu, se foi um trabalho que te exigiu muito, ou se foi mais simples…

Hoje é 30 de Julho, dia Mundial do Bordado, e para comemorar essa data tão especial eu queria fazer uma nova reflexão: QUANTO SE VIVE ENQUANTO SE BORDA?

Se o bordado está em suas mãos, depois que FINALMEMTE você encontrou algum tempo para bordar, e pelas próximas duas horas nada mais vai importar a não ser o vai e vem da agulha; os piquezinhos da tesoura; as linhas coloridas da caixa que vão as poucos pulando para o tecido; o desenho que foi imaginado por dias e agora toma forma: neste momento, o que acontece?

Você pensa em coisas pequenas, como itens para acrescentar na lista do supermercado? Ou em coisas importantes, como planos de vida para os próximos anos? Ou repassa diálogos que teve outro dia mesmo, pensando em coisas que gostaria de ter falado? Ou pensa no próximo bordado; ou nos pedaços desse bordado mesmo que ficarão para outro dia? Ou fica ansiosa para o bordado acabar logo? Ou fica chateada porque queria que ele durasse mais? Ou pensa na alegria de quem vai receber ele de presente? Ou, se valem a pena tantas horas de trabalho para vender por tão pouco? Ou não pensa? Ou aproveita as duas horas para você e, junto com o bordado, se entretém com uma série? Ou estuda com um áudio book? Ou mata o atraso das notícias com o rádio ou um podcast? Ou fica com sono? Ou borda noite adentro, empolgada em finalmente ter tempo? Ou medita? Ou fica tão, tão entretida, que não percebe que duas horas viraram quatro? Ou passa o tempo do bordado preocupada com a perfeição do avesso? Ou com a organização das cores? Ou se a linha vai ser suficiente, e é sábado à tarde, se não for não vai ter como comprar mais linha? Ou pensa em alguém que você ama? Ou conversa mentalmente com as amigas que a pandemia mantém afastados da sua casa? Ou pede mentalmente conselhos para sua avó costureira que já se foi? Ou conversa com seu amor sentado na poltrona ao lado? Ou faz uma chamada de vídeo com sua mãe e irmã? Ou aproveita para tomar um chá enquanto borda? Ou para descansar os pés? Ou para tomar uma quina de sol? Ou faz uma longa lista mental de todas as pequenas reformas que você queria fazer em casa? Ou mima seu bichinho, deixando ele ficar no seu colo enquanto borda?

Qual é a intensidade ou a leveza desse momento para você?

A vida acontece também enquanto a gente está bordando. Sei que parece MUITO óbvio, mas me deixe falar de outra maneira: bordar pode ser um caminho para se desligar das coisas mais automáticas e poder sentir a intensidade das coisas menos automáticas. Todo esse tempo finalmente em suas mãos, e tudo o que se sente e pensa enquanto se borda, e todas as decisões que você toma sobre o bordado e que são sérias (porque você não está fazendo seu bordado “de qualquer jeito”), mas que são apenas suas, e não tão sérias, porque, afinal, é apenas um bordado. E esse momento também pode ser, ao contrário de todas as nossas obrigações, e de toda realidade que nos cerca, muito leve – já que nessa hora seu único compromisso é com a satisfação que seu bordado vai te trazer.

Quanto você vive enquanto você borda? :)

………………..

Se você gostou deste texto, manda para alguém que também vai gostar! :)

Esse conteúdo é um oferecimento de BORDADACIONÁRIO – seu guia de pontos do bordado livre!

Para saber mais sobre a próxima oficina de bordado livre, CLIQUE AQUI; e para ver mais possibilidades de aula de bordado, CLIQUE AQUI.

Inscreva-se em nosso canal no Youtube e nos siga em nossas redes! :D

…………………

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s